Toggle Nav

Idosos morrem abraçados em casa

Antonio Lopes e Augusta de 88 e 87 anos não terão escapado ás chamas e morreram dentro de casa, totalmente devastada pelo incêndio.

Caíram as paredes e o tecto; António e Augusta estavam abraçados quando os corpos foram encontrados. Um dos filhos, o mais novo, ainda tentou salvar os pais, mas já não conseguiu passar.

António Silva Nunes, de 70 anos lamenta a morte dos vizinhos António e Augusta "eram pessoas muito queridas. Todos os dias os víamos" e conta como teve a sorte do seu lado "Eu e a minha mulher conseguimos sobreviver por milagre. Eu andava na rua e quando vi que o fogo estava a chegar comecei a correr." "Tirei a camisa porque já ardia nas costas e as botas estavam a derreter. Ninguém imagina o inferno que isto foi. À volta da minha casa ardia tudo".

Agora acolheu uma sobrinha em casa – depois de Anabela Alves ter perdido tudo à passagem das chamas, tendo conseguindo salvar apenas a sua cadela "boneca".

Fonte: http://www.cmjornal.pt
Crédito da foto: http://www.cmjornal.pt

Comment this article