Pai teve de escolher um dos filhos para morrer na maratona de Boston, veja como ele fez...

Dois anos depois do atentado na maratona de Boston (EUA), surge uma história trágica.b85e10b3-f67d-4022-b9f3-8f67807fa057.png

Martin Richard foi a vítima mais nova do atentado na maratona de Boston, que matou três pessoas e feriu mais de 260, em Abril de 2013.

O pai de Martin, declarou em tribunal durante o julgamento de Dzhokhar Tsarnaev – um dos autores do atentado, que teve de que teve de deixar o filho de oito anos, que estava a morrer nos braços da sua mulher, para tentar salvar a vida da filha de sete anos, que acabou por ficar com a perna amputada.

Neste ataque esta família ficou sem um filho, Bill Richard ficou com várias queimaduras, a esposa ficou cega de um olho, a filha perdeu uma perna e apenas o filho mais velho saiu ileso desta tragédia.

Comment this article