Mundial Portugal


“É normal ser questionado. Tenho um cargo mediático e de prestígio mas não é imune às críticas. Há que aceitá-las. Já referi os critérios. Em relação a este caso concreto (Quaresma), se sou criticado porque foi chamado para os 30 (pré-selecionados) e não está nos 23 (definitivos), imaginem se não estivesse nos 30”, comentou o técnico em conferência de imprensa.

O treinador ressalvou ainda que a situação de Quaresma não é semelhante à de Nani: “Nani tem características diferentes de Quaresma. Quaresma esteve um ano e meio sem competir e, ao fim de dois meses sem competir, todos acreditavam que seria convocado. Nani esteve três meses sem competir, porque não devia acreditar que seria útil à Seleção? Tomamos as opções em relação aos 23 que achamos serem aqueles que melhor servem os interesses da Seleção”.

Comment this article